Foto de Alvaro Garcia, Jornal "El Pais"

Mergulhando no coração da Waltraud... com Daniel Barenboim.


Após a leitura apaixonante do livro de Daniel Barenboim, “A música desperta o tempo”, não poderia deixar de compartilhar com vocês um trecho muito emocionante que ele escreveu a propósito da nossa querida Waltraud…

Falava a propósito da Orquestra West-East Divan, onde eles discutiam a possibilidade de tocar Wagner ou não. Decidiram tocá-lo, e lá é melhor mergulhamos nas palavras do prórpio Daniel…

“… No verão seguinte, Waltraud Meier estava conosco em Pilas, para participar nas atividades e repetir a Nona Sinfonia de Beethoven, que cantou conosco cinco vezes este verão. A tarde após a sua chegada, a pedi de aquecer a sua voz antes da repetição com orquestra porque tínhamos uma surpresa para ela. Ela pensava ouvir a repetição da Primeira Sinfonia de Brahms, igualmente ao programa da nossa turnê de concertos, e estava difícil de ela conter a sua curiosidade. Quando ela ouviu o início do Prelúdio de Tristan und Isolde, visivelmente ficou comovida; e, enquanto que a sala de repetição estava cheia de visitantes que se interessavam ao programa, para além de alguns jornalistas - que formavam uma espécie de público -, ela virou-lhes as costas, e olhando de frente para a orquestra, começou a cantar o Liebestod. Todos - Waltraud, a orquestra e eu – ficamos muito comovidos com a experiência. Viver a experiência de ouvir essa maravilhosa cantora alemã, comunicar com Árabes e Israelianos através da música de Wagner, foi como uma libertação da influência de tantos espíritos opressores, de tanto tabus. ”

As palavras de Daniel Barenboim tocam-me muito e proporciona-nos também a possibilidade de mergulhar um pouco no coração da Waltraud Meier… onde podemos descobrir alguém muito sensível, simples, que não tem medo de se doar, pelo contrário, doa-se com toda a força e amor da sua alma.


Obrigada Daniel Baremboim pelo seu maravilhoso livro!

3 commentaires:

  1. ¡HOLA GLAUCE!,soy Susana, te estoy muy agradecida por insistir en el lado más humano de Waltraud. creo que los alemanes y Wagner no tienen porque pagar los crimenes de Hitler. Las personas que ponen esa excusa para no escuchar las óperas de Wagner en el fondo lo que no se atreven a reconocer es que les asuste que sean tan largas y sublimes. Es verdad que Wagner tenia ideas que hoy no seria politicamente correctas, pero juzgar a las personas de otra época con nuestra mentalidad es absurdo. por desgracia en el siglo xix era más fácil pensar como spengler y gobinau que como jhon stuart mill.EL siglo xix es el del nacionalismo y el colonialismo, es imposible que la gente de esé tiempo pensase si quiera en los derechos ma´s elementales de los demás.NoPRETENDO JUSTIFICAR AL MÚSICO, NI MUCHO MENOS A SU FAMILIA´ pero Puccini, que es un autor que encanta a la gente, escribió un himno que utilizaron como propaganda los fascistas , y el propio mussolini estuvo en su entierro.Creo que juzgar al artista por la calidad del hombre es rastrero. Es cierto que se dice que Hitler se inspiró en una frase de Lohengrin para su carrera de crimenes, pero esta ópera también inspiró varios cuadros de Kandinsky y muchos poemas de Rubén Dario, quien utilizaría el simbolo del cisne como emblemade la duda y de la belleza en sus versos. El arte está por encima de sus creadores, sus ideas mueren con ellos, pero sus obras permanecen. Me alegro mucho `por Waltraud de este cambio de aptitud en la orquesta, y es genial que haya ido con ellos de gira todo el verano pasado interpretando su maravillosa Sieglinde y su prodigiosa Isolde. ¡Gracias por el texto, muchos besos!

    RépondreSupprimer
  2. "A obra de arte esta acima dos seus criadores", é exatamente como eu vejo também. Acho uma pena todo esse desfecho com a obra wagneriana, porém acredito que a obra de Wagner ainda é musica para o "futuro", que ainda tem muita coisa que foge da nossa compreensão..., dai tantos conflitos gerados pela incompreensão...

    RépondreSupprimer
  3. nic post sir,, a very useful info
    How to process Organic Coffee Green Beans

    Visit back my blog

    RépondreSupprimer